Número total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Olá, ex-camaradas da 3411.
Alguém sofre ainda da crisiática ? Pois é, parece que esta peste nos tocou de perto e não há forma de encontrarem o anti-biótico!...
Pois e desde o último 25 de Abril - refiro-me à última crónica - que por razões várias tenho andado arredado, "muita água passou sob a ponte" e gostaria de concertar alguns bocados, se bem que os recentes acontecimentos que vieram afetar a 3411 possam ser mais de luto - o desaparecimento do Rato, do José Coelho e do Marquês - que de alegria. Mas a vida continua e há que lidar com a morte como uma inevitabilidade que a todos advirá. Como tal, preparemo-la ainda em vida.
Filosofias existenciais à parte, o virtual tem sido ocasião para continuarmos a conversar com vários camaradas e, agora como nunca, estamos cada vez mais perto, sendo sempre bom sintonizarmos o presente, passe embora o emprego (ou desemprego ) ou a aposentação de cada um de nós.
Num destes dias botei faladura virtual, durante quase uma hora, através do chat do Facebook com o nosso amigo Laranjeira e foi compensador ajudar a "colocar as pedras na calçada", que é como quem diz, pormos a conversa em dia. Outros camaradas vão-se associando através destes meios audio visuais, participando, aqui e acolá, com fotos e dicas de antanho que nos fazem sempre lembrar que ainda estamos vivos e  por cima da ponte e que a amizade tem perdurado para além da nossa vivência, há anos a esta parte.
E por hoje fico-me, reiterando esforços e desejos de que todos quantos puderem - seja até através dos filhos que lidam melhor com estas coisas modernas dos FB e dos blogues - continuem a "fazer pontes" para que a 3411 continue viva e a recomendar-se.
Um abraço apertado do Rei (Lino) pois ... "vemo-nos por aí".

Lino Rei