Número total de visualizações de página

domingo, 31 de agosto de 2008

Coliseu de Roma ..."esburacado" ?


Pois é "cambada". Se pensam que foi fácil a rodagem do "Desaparecidos em combate II", tirem daí a cabecinha ...

Para além das filmagens no palco dos acontecimentos, os actores tiveram também de rodar em Roma, no seu famoso Coliseu!

Com uma autorização especial da Cinecitá e do governo italiano, os actores-atiradores afinaram a pontaria contra as vetustas relíquias do passado romano e como aquilo também está a cair aos bocados, quem vai aproveitar é a passarada lá do sítio que pode nidificar pois "apartamentos" é coisa que não vai faltar...

Alguns dos actores até "exageraram", mas fazia parte do guião - atirar "a matar", a ver se ainda encontravam as almas penadas do Calígula e sobretudo do Nero!...


P.S. Como "aquecimento", ainda fizeram um joguing matinal, no velódromo local, onde se rodou o famoso Ben Hur e experimentaram as specials quadriga's que faziam bem inveja aos nossos unimogues, pois aquilo atinge velocidades vertiginosas e o único "carburante" é uma "mistura" de palha e erva do Palatino!!!


sábado, 30 de agosto de 2008

"Desaparecidos em combate" premiado no Festival de Veneza!!!


Ora cá está como um bom(???) produtor e realizador (de ficção) também acaba por ter o reconhecimento internacional, e logo num dos mais prestigiados Festivais de Cinema, os já famosos "Globos dos Leões de Veneza"/2008!

Antecedendo a minha passagem pela "cidade eterna", aquando da ida ao Vaticano, fui convidado ( a despesas minhas, claro!) a estar presente naquela Gala para receber 3 dos famosos galardões cinematográficos da cidade dos doges que vieram premiar "Desaparecidos em combate II".

O júri premiou esta película pelo melhor argumento (claro, com todo aquele enredo e disfarçados de "veteranos de guerra" e no meio das tainadas!), melhor guarda-roupa (evidentemente, equipados com fatos-macaco verde-azeitona a imitar o Valentino! ) e os melhores actores ( todos com dupla personalidade e qual deles o mais borracho!)!!!

Queria partilhar com os meus ex-camaradas estes 3 "Globos" - talvez até que os "dependure" no teto, para iluminar melhor a sala de jantar- por todo o apoio que me foi disponibilizado tendo em conta que não foi fácil voltar ao palco dos acontecimentos, 37 anos depois, para "rodar" esta película.

Obrigado a todos.


P.S. "Também eu estive lá...", nestas férias, para inveja da "cambada".

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Ir a Roma ...e não ver o papa!


Olá "cambada"!?

"Estou chegando, estou chegando", como diz o nosso patrício brasuca.

Antes de mais, que tivessem tido umas boas férias e descansado um pouco pois as "guerras" que se avizinham são bem diferentes da que tivemos.

Dizia na penúltima reportagem que iria falar com o papa "por causa da nossa situação" (?) mas afinal, quando cheguei ao Vaticano, Sua Santidade também tinha ido de abalada para as suas merecidas "vacances", pelo que só tive oportunidade de falar com o próprio"chefe", o S.Pedro!

Expus-lhe, pormenorizadamente, o nosso caso e prometeu-nos dar uma "fossinha", através do seu "cônsul" representante em Portugal, Doctere Paulo Portas, para que "chateie a pinha" ao governo a promulgar as nossas reformas vitalícias, pois que andam às pinguinhas... e nós que o digamos!

Em contra partida, nós, os ex-combatentes, votaremos todos nos gajos! Promessa de Rei - que sou eu, como representante da "cambada".

Prometo mais novas, já a seguir.

sábado, 2 de agosto de 2008

"Desaparecidos em(do) combate" galardoado com 2 Óscares da Academia de Cinema de Hollywood!



Última hora.


"Desaparecidos em(do) combate galardoado com 2 Óscares da Academia de Hollywood.

Do produtor e realizador grego Reikaridis e baseado no livro do mesmo autor Também eu estive lá …, este filme arrecadou 2 Óscares da Academia de Cinema, para a melhor Realização e melhor Argumento.
Rodado inteiramente em terras africanas do Norte de Angola, região do café, a película, em cinemascope, retrata as aventuras de uma pequena coluna militar de abastecimento logístico entre as cidades turísticas de Quivuenga-resort e Songo-city, nos anos 71/73.
O argumento enaltece o espírito de grupo dos seus protagonistas que faziam aquele percurso entre as duas “estâncias turísticas” percorrendo os 43,700 Km de distância, para cada lado, em 01.43 horas !..., em “via rápida” e atravessando longas “pontes” e “viadutos”, no meio de uma floresta virgem luxuriante mas ao mesmo tempo muito perigosa devido à situação declarada de guerra.
A película mantém uma grande interrogação quanto ao seu desfecho pois finalizado já o seu “contrato de trabalho”de dois anos com a “empresa” do ME que a contratara, a coluna sofreria uma emboscada-carjaecking do In, precedida do rebentamento de uma mina “anti pessoal”, obrigando aqueles heróis a saltar das viaturas, não sendo mais vistos e considerados, como tal, de “desaparecidos” – sic o take da cena.
O mesmo realizador prepara já produção com a versão II daquele filme e promete desvendar o seu mistério pois, ao bom estilo de RadovanKaradzikiano, os verdadeiros protagonistas terão sido vistos em vários encontros de ex-camaradas, no Puto, mas “disfarçados” agora de reformados e com muitas brancas e “meloas” com pseudo doenças artrito-paludísticas provocadas pelo stress de guerra…".

In NY Times

02/08/2008